Be your everything

eu te amo, apesar de toda essa distancia
Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-las a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo, nem culpa de sentir prazer. A vida é curta , não tenha medo de fazer o que gosta, amanhã pode ser tarde e dessa vida não levamos nada com nós, então não tenha medo. ame , sorria , perdoe , acredite , sinta , grite , chore , faça amigos. A vida só é uma e passa rápido, pare de deixar para depois. Faça tudo que você gosta de fazer sem medo e sem si importar com que os outros vão dizer , eles não escreveram suas páginas , a vida é como uma montanha russa, tem seus altos e baixo mais no fim o ingresso tem que valer a pena ...
Quando tá escuro, e ninguém te ouve, quando chega a noite, e você pode chorar …
— Paralamas do sucesso.  (via autorias)







-Eu… Eu preciso de ajuda.
-Olha, não que eu tenha algo contra você, quer dizer, eu tenho. Mas você me ligar AS QUATRO HORAS DA MANHÃ, sinceramente, já é demais.
-Ok.

-O que você quer?
-Eu preciso de ajuda.
-Você já disse isso, fala logo.
-Quando o seu coração está apertado, e você sente ele batendo mais rápido… O que significa?
-Que você vai ter um infarte, mais alguma coisa?
-Eu, eu acho que estou gostando de alguém, acho que virei meio masoquista.
-Tudo bem, mais alguma coisa?
-Posso te fazer algumas perguntas?
-Não. Mais alguma coisa?
-Você já gostou de alguém?
-Sim, não especificamente de alguém, eu gosto bastante de dormir, mas você não está me ajudando.
-Eu virei meio masoquista, acho que se apaixonar por alguém que não está ligando nem para minha existência, não é muito legal.
-Indireta?
-Não, você entendeu, então foi bem direto o que eu disse.
-Você está gostando de mim?
-Bingo!
….
-Por que desligou?
-Eu quero dormir. E se você não parar de me ligar, eu vou desligar o celular.
-Tudo bem, você não tem nada para falar sobre o que eu falei?
-Tenho.
-Fale.
-Você é uma trouxa, idiota, não controla os próprios sentimentos, vacona, aberta, dadeira e eu não quero falar com você, só quero dormir.
-Você já namorou alguém? E não deu certo… É isso?
-Eu.Quero.Dormir.
-Me responde.
-Olha, porra, você é irritante. Se eu já namorei? Sim, eu já namorei, e ela fez o que? Terminou comigo, e sabe, ela foi tão biscate que me deixou plantado em um bar com um bando de flores na mão. Liguei para ela, e ela simplesmente disse “Tenho outro em minha vida.”
-…
-Para, para com isso, para de me ligar as quatro da madrugada para falar de amor, estava legal isso que tinha entre nós, ódio, eu gosto disso. Você não vai conseguir me enganar, não vai conseguir ser ela, e não tem essa de pessoa certa, porque a porra toda é isso, o mundo todo é isso, estamos dominados por pessoas erradas. Agora sem querer ser rude, eu vou dormir. Boa noite.
— I Love That Stupid (via apaixonizando)

Hoje me perguntaram se eu sinto sua falta,
e eu respondi “não”
com os olhos em lagrimas.
— Pois é, eu menti. (via recebeu)